Especialidades

Médicos

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    

Odontologia

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

Psicologia

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

Fisioterapia

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

    
    

Artigo

Reeducação Alimentar

Sergipe Saúde: No que consiste a Reeducação Alimentar?

Dra. Macela Mori: Reeducação Alimentar é um método mais saudável, sensato e seguro de perder, manter peso e ter saúde sem sofrimento e fome. Visa atender as necessidades nutricionais de cada indivíduo, criando hábitos alimentares saudáveis e proporcionando satisfação pessoal, através de nutrição adequada.  Permite que se consumam todos os alimentos, desde que na quantidade e freqüência planejada, permitindo gostos e preferências individuais. No, entanto, exige comprometimento e disciplina pessoal, assim como motivação, calma e persistência.

O simples fato de suprir calorias de uma ingestão alimentar, sem respeitar as necessidades específicas do indivíduo (sexo, idade, altura, profissão e atividade física), pode desencadear doenças em pessoas propensas, tais como: anemia, obesidade, colesterol alto, diabetes, osteoporose, constipação, entre outros. Por tudo isto, a reeducação alimentar é o método mais seguro.

Sergipe Saúde: O que difere a Reeducação Alimentar das Dietas Tradicionais?

Dra. Macela Mori: Atualmente é muito comum a divulgação de dietas milagrosas na mídia em geral, que prometem perda de peso rápida. Isto pode ate acontecer, mas certamente acaba trazendo problemas de saúde. Normalmente as dietas tradicionais podem penalizar algum nutriente ou não ser personalidade para cada realidade. Já a Reeducação Alimentar em primeiro instancia educa, os objetivos serão alcançados devido a adesão de um novo estilo de vida.

Sergipe Saúde: Quais os principais benefícios da Reeducação e como livrar-se dos maus hábitos alimentares?

Dra. Macela Mori: Os benefícios são muitos, primeiro que reeducar a alimentação vai trabalhar em com seu habito alimentar assim sintomas de fome são comum. Quando aderimos uma reeducação alimentar a pessoa entra em um novo estilo de vida, o qual é percebido nitidamente como: sono de melhor qualidade, melhora significativa dos sintomas de TPM, transito intestinal melhor, taxas dislipidemicas normais e muita qualidade de vida.

E para livrar-se de maus hábitos alimentares o primeiro passo é estar disposto a mudar sua vida, principalmente no sentido de organizar sua alimentação. E essa disposição deve ser para sempre e não temporária.

Sergipe Saúde: Qual o perfil das pessoas que devem seguir uma reeducação alimentar?

Dra. Macela Mori: Todas as pessoas têm perfil para seguir uma Reeducação Alimentar, pois a adequação da alimentação deve ser feita conforme a realidade de cada um. Não se aconselha mudar sua rotina para aderir uma reeducação alimentar, e sim organizar sua alimentação sempre respeitando a freqüência alimentar.

Sergipe Saúde: Como lidar com o bombardeio das redes de Fast-Foods e outras guloseimas?

Dra. Macela Mori: é muito importante saber os momentos certos para consumir guloseimas, não podemos fazer os fast foods um habito diário e sim uma eventualidade. Aquelas pessoas que tem uma vida social muito intensa e que se deparam com essa realidade freqüentemente devem perceber que elas mesmos devem mudar e trabalhar sua compulsão em relação a esses alimentos. é fundamental deixar claro que o consumo desses não é proibido desde que a saúde e o equilíbrio permitam esse consumo.

Sergipe Saúde: Quais as dicas de alimentação para o Verão que se aproxima?

Dra. Macela Mori: é muito importante seguir essas observações:
  • Coma cinco ou seis vezes por dia: Fazendo cinco ou seis refeições leves e equilibradas você leva o organismo a utilizar mais facilmente o seu combustível de reserva, que são as gorduras, além de conseguir controlar melhor seu apetite e vontade de beliscar alimentos desnecessários.
  • Coma a intervalos regulares: O ideal é fazer uma refeição a cada três horas. Se isso não for possível, estabeleça intervalos de no máximo 4 horas entre as refeições. Uma vez fixados esses horários, há uma tolerância de meia hora, contanto que sejam obedecidos os intervalos mínimo e máximo. Fazendo o número previsto de refeições, a intervalos regulares, você evitará a hipoglicemia (queda no nível de açúcar no sangue) e reduzirá a chance de ter uma fome sem controle dos alimentos a serem ingeridos.
  • Coma sempre nos mesmos horários: Programe os horários das refeições de modo que possa cumpri-los e faça todo o possível para cumpri-los de fato. Alimentando-se sistematicamente nos mesmos horários, seu organismo se acostumará ao novo ritmo e ficará condicionado a esperar a comida somente nestes horários.
  • Coma devagar e preste atenção ao que come: Observe primeiro o que irá comer. Mastigue bem, e lentamente, para sentir a textura e o sabor de cada alimento, experimentando o prazer de saborear o que come. Ao se alimentar dessa forma, seu cérebro receberá maior número de informações, que contribuirão para acionar o centro da saciedade, levando sua fome a ser satisfeita com menores quantidades de alimento.
  • Respeite a quantidade e a qualidade dos alimentos permitidos: Os alimentos devem ser ingeridos em quantidade e qualidade adequadas para suprir todas as necessidades nutricionais sem excesso de calorias. Cada indivíduo precisa de um plano alimentar específico, pois isso se necessário procure um profissional para auxiliá-lo.
  • Beba bastante líquido: beba bastante água filtrada, mineral (sem gás) e sucos naturais (sem açúcar) para hidratar-se. Evite o consumo excessivo de café, refrigerantes e sucos industrializados.
  • Se tiver vontade de comer um doce, coma-o. Mas lembre-se: somente um pedaço ou unidade. Isso é melhor do que devorar uma caixa de bombom no final do dia. Dê preferência às carnes magras e sem gordura visível: pois possuem menos gordura e menos calóricas como peixe, frango (partes magras e sem pele), peru, patinho, contra-filé. O modo de prepará-las também é importante: cozidas, grelhadas ou assadas.
  • Queijos amarelos (mussarela, provolone, prato, parmesão) devem ser evitados: são muitos mais gordurosos que os queijos brancos (minas, frescal, ricota e cottage). E nuca esqueça que queijo coalho tem um alto teor de calorias, pois é muito gorduroso.
  • Bebidas alcoólicas são calóricas: Consuma esporadicamente e em pequena quantidade (deixe para o fim de semana). Além disso, evite os petiscos como amendoim, batata frita, carne seca ou salgadinhos que acompanham as bebidas alcoólicas, pois são calóricos e com alto teor de gordura saturada.
  • Movimente-se: Você não precisa ir à academia! Caminhar 3 vezes por semana, por 40 minutos cada sessão, irá ajudá-lo a ter mais saúde. E nunca se esqueça de procurar um educador físico para você ter uma boa orientação.

Enviado por: Dr(a). Marcela Mori Machado, Nutrição
Data: 24/11/2009
:: Copyright © 2009. Sergipe Saúde. Todos os direitos reservados :::::: Administrador Senha